A Bienal

A Bienal

A proposta da 7ª Bienal Rubem Braga é a de ser um encontro de ideias e pensamentos promovido pela arte dos grandes amigos Rubem: Sérgio Buarque de Holanda, Candido Portinari e Vincius de Moraes. Este evento proporciona à sociedade viver dias imersos em cultura e representa muito bem a vida de Rubem Braga e o histórico título de Atenas Capixaba recebido por Cachoeiro.

Fazer parte das sete edições da Bienal é um privilégio. Ouvir pessoalmente grandes escritores que fazem parte da literatura brasileira; conhecer artistas de várias áreas; ver o encontro dos artistas cachoeirenses com os que se apresentam na Bienal; presenciar a satisfação de alunos, famílias e profissionais da arte: isso enriquece a alma de qualquer pessoa!

De 15 a 20 de maio de 2018, profissionais de todas as áreas das artes estarão presentes participando de mesas de debates, apresentações de teatro e dança, contação de histórias, performances, shows musicais, oficinas, lançamentos de livros e exposições. Juntos, iremos compartilhar sonhos, conhecimentos e desejos de uma vida mais humana, mais colorida e mais saborosa, pois é assim que sentimos a vida através da literatura e das artes.

Lucimar Costa
Subsecretário de Cultura e curador da 7a Bienal Rubem Braga



A 7ª Bienal Rubem Braga vem marcada pelos desafios de uma nova gestão e pelas expectativas sobre ela lançadas de crescimento e maturidade enquanto evento cultural e turístico de relevância no nosso município. Tal sentimento leva-nos a cuidá-la com extremo capricho e responsabilidade.

Desafiante é superar, num sentido mais amplo e profundo, a história de sucesso construída ao longo das seis primeiras edições. Desafiante é potencializar a realização do maior evento literário do estado do Espírito Santo com uma programação que impulsione a participação de todos e que traga, ao final, a sensação de “que pena que acabou”!

Eventos literários, por sua natureza, trazem consigo o estigma de fazer pessoas melhores; desenvolve aptidões, amplia visões, aprofunda conhecimentos, abre os horizontes. Seria difícil expressar a alegria e a honra de participar da construção e realização desta que promete ser a Bienal da inovação e do resgate de memórias afetivas de nosso grande homenageado, Rubem Braga, nas relações de amizade com Vinícius de Moares, Portinari e Sérgio Buarque.

Fernanda Merchid
Secretária Municipal de Cultura e Turismo

Homenageados

A arte do encontro entre amigos

Vinicius de Moraes

Vinicius de Moraes

"Com as lágrimas do tempo e a cal do meu dia eu fiz o cimento da minha poesia."

Sérgio Buarque

Sérgio Buarque

"A inimizade pode ser tão cordial quanto a amizade."

Cândido Portinari

Candido Portinari

"Só o coração nos poderá tornar melhores e é essa a grande função da arte."